MENU

Alves. Lima & Rodrigues – Advogados

Notícias

22/04/2020

Restaurantes devem funcionar só com pratos feitos

O sistema de alimentação por self-service foi proibido em Curitiba a partir da última sexta-feira (17/4). A suspensão dessa atividade em restaurantes, bares, lanchonetes, padarias e similares está entre as medidas adicionais do regulamento da Prefeitura para controle da pandemia do novo coronavírus na cidade.

A proibição temporária do sistema self-service foi adotada porque os consumidores podem expelir gotículas em louças, talheres e alimentos apresentados nos bufês, facilitando a contaminação, e também para evitar aglomeração de pessoas.

“O problema é que nesses ambientes as pessoas precisam ficar muito perto dos alimentos e também compartilham os utensílios para se servirem”, afirma a coordenadora de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, Francielle Narloch.

Os estabelecimentos poderão servir pratos à la carte, por delivery ou com entregas nos balcões. Nestes casos, os restaurantes e similares deverão seguir as regras gerais contidas no regulamento, como controle de fluxo de pessoas, fornecimento de álcool em gel, local para higiene das mãos, uso de máscaras e outras medidas que evitem a circulação do novo coronavírus.

Os cinco Restaurantes Populares da Prefeitura já funcionam no sistema de prato feito: Matriz, Capanema, Pinheirinho, Sítio Cercado e CIC. Juntos, que servem 4.700 refeições por dia.

Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba. Acessado em: 22/04/2020.

Voltar

NEWSLETTER

Inscreva-se para receber!

Compartilhe
Desenvolvido por In Company

 

Política de privacidade: Apenas fica registrado neste site dados que o usuário fornece de livre e espontânea vontade ao preencher alguns dos formulários nele existente. Nenhum dado pessoal registrado pelo usuário será divulgado publicamente ou será utilizado para outra finalidade que não aquela para a qual preencheu o formulário. Leia na íntegra…